Logo

iArtigos - Visualizando artigo

Receita muda INSS de prestador de serviços por cooperativa

Receita muda INSS de prestador de serviços por cooperativa

RECEITA MUDA INSS DE PRESTADOR DE SERVIÇOS POR COOPERATIVA

Com a publicação do Ato Declaratório Interpretativo (ADI) nº 1/17, dia 24, a Receita Federal mudou seu entendimento sobre a base de cálculo da contribuição previdenciária do contribuinte individual que presta serviço a empresa ou a pessoa física por intermédio de cooperativa de trabalho.
Até então, conforme dispunha o ADI nº 5/15, o tributo era calculado sobre a totalidade da remuneração recebida ou creditada em decorrência do serviço, desde que não fosse inferior ao piso do INSS nem superior ao maior salário-de-contribuição à Previdência Social.
Agora ela passa a ser calculada com base na remuneração obtida em empresas ou pelo trabalho prestado por conta própria. Se o contribuinte individual trabalhar como condutor autônomo – ou auxiliar deste – de veículo rodoviário em automóvel cedido em regime de colaboração, como operador de trator, máquina de terraplenagem, colheitadeira e afins, o cálculo será feito sobre o valor bruto do frete, carreto, transporte de passageiros ou do serviço prestado. Em ambos os casos, é preciso observar o teto previdenciário.
A alíquota de contribuição continua sendo de 20%.


Voltar


Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.

Contato

Rua Alberto de Oliveira Santos, nº 59 - Salas 701 - 702 - Ed. Ricamar - Centro - CEP:29010-250 - Vitoria/ES

Fone(s): (27) 3222-6543 / (27) 3211-1662 Celular: (27) 98852-3968

administrativo@investconsult.com.br / contato@investconsult.com.br


Content
logo-tiideal
 
chat online
ajuda-chat
ajuda-chat_open
Clique aqui...